NEGÓCIO

Processo

A unidade da WTE Biomassa Urbana transfere o residuo orgânico do aterro, converte o resíduo organico em combustvel e transforma esse combustiível em energia renovável. A WTE, através da ICC Group Canadá, desenvolveu um processo que utiliza o potencial energético da biomassa para lucrar. Onde a maioria dos produtores de energia (como o carvão ou biomassa da madeira das plantas) pagam pela sua fonte de combustível, a unidade de biomasssa urbana é paga para receber resíduos orgânicos. Tecnologias para bio-secagem, gaseificação e geração de eletricidade que são provados em suas respectivas indústrias estão adaptados e prontos para a aplicação do tratamento de resíduo orgânico da WTE. A WTE também oferece tecnologias patenteadas de tratamento automatizado de material, sistemas de troca de ar, e sistemas de controle.    

 

A Unidade WTE de biomassa urbana pode produzir eletricidade ininterruptamente.  Para cada tonelada de resíduo orgânico processado, mais de duas toneladas de dioxido de carbono são retirados da atmosfera. Transferir todos resìduos orgânicos dos aterros seria o equivalente a retirar vinte milhões de carros das ruas.

Como Funciona o Sistema:

 
Passo 1-
Resíduo orgânico separado é entregue à unidade de biomassa urbana.
Passo 2- O resíduo é misturado e moído, em seguida, enviados através de bio-reatores que usam bactéria para destruir os agentes patógênicos e criar um combustível limpo, seguro,  de biomassa uniforme.  
Passo 3- Este combustível é então integrado a um gasificador onde sofre uma mudança de estado que gera calor e decompõe a matéria orgânica em questão de minutos.  
Passo 4- Durante a gaseificação, são produzidos o monóxido de carbono e o gás hidrogênio. Esses gases (síntese de gás ou syngas) são expelidos com segurança da zona de gasificação.
Passo 5- Oxigênio extra é introduzido nos gases síntese em uma câmara separada onde queima a temperaturas superiores a 600 graus Celsius.
Passo 6- O calor é usado para gerar eletricidade através de uma turbina a vapor ou de óleo de silicone.  
Passo7- A eletricidade produzida e o calor recuperado estão disponiveis para negociações.

 

Diferença
Nosso processo utiliza todo o RSU orgânico. A WTE está dedicada a acabar com os resíduos dentro de uma geração. Ao contrário de outras soluções para gestão de resíduos, nós não apenas reduzimos o desperdício mas o eliminamos. A solução da WTE para o problema de residuos orgânicos zera a geração.

Os subprodutos do nosso processo são: fertilizantes orgânicos, eletricidade e futuramente os biocombustíveis. (Em fase final para estruturação comercial). A WTE tem capacidade de utilizar cada porção da matéria orgânica que são desviados dos aterros. As cinzas que permanecem após a gaseificação são transformadas em fertilizante natural que contém os nutrientes minerais originais da matéria-prima orgânica. Esta cinza contribui com o beneficio da volta para a terra de cálcio, fósforo, e minerais.

Incentivamos a participação pública para que haja um verdadeiro impacto, é de suma importância a participação das pessoas e como elas, as cidades e comunidades precisam oferecer para seus residentes uma forma simples e aberta de ser parte da solução. A participação do programa caixa azul de reciclagem tem mudado profundamente o comportamento das pessoas e como eles se atentam ao que compram. Precisamos incentivar as pessoas para participarem ainda mais na redução de resíduos, nesse caso, desviando residuos orgânicos dos aterros. A participação no processo ajuda as pessoas mudar a forma como vêem o problema e dá-lhes uma forma tangível de ser uma parte da solução.

Contamos com o apoio do governo. A demanda e a necessidade de energia verde renovável continua a crescer, como cresce a oposição à aterros sanitários. Por causa do apoio público, há significativos incentivos financeiros em nível nacional, estadual e mesmo local, para a geração de energia renovável atualmente disponível. O apoio da opinião pública tambem tende a ajudar na aprovação regulatória.

Nossas unidades podem ser comodamente localizadas proximos de centros urbanos. Por uma unidade de biomassa urbana ocupar tão pouco espaço, aproximados dois hectares de terra, uma unidade pode ser convenientemente localizada perto de um centro da cidade onde a maior fonte de resíduos orgânicos é encontrada, reduzindo substancialmente os custos de transporte. Deste modo o calor e a eletricidade são fornecidos para usuário da industria, comércio e de residencias próximas.